Tipo de Farinhas - Parte 2

6/9/2016

 

Continuação...

 

A semente já é famosa no preparo de algumas receitas, que ficam mais saudáveis, já que ela ajuda no aumento do HDL, o colesterol bom, e também na digestão, que fica por conta das fibras. Massas de bolos, tortas e empanados podem ser incrementadas com a farinha, além de ficar ótima com frutas e saladas.

 

A mandioca é um alimento importante e muito benéfico para o corpo humano, em qualquer forma. Ajuda na digestão, não tem glúten e ainda evita picos de açúcar no sangue, o que garante energia de sobra para o dia! A farinha tem a praticidade de incrementar suas receitas, podendo substituir a farinha branca e deixar um sabor diferente no prato.

 

 

 

As farinhas de frutas, como a de maracujá, contam com mais vitaminas e minerais por serem feitas com a fruta inteira, da casca à semente. Para quem não tem sempre uma porção diária de frutas disponível, utilizar a farinha é uma ótima maneira de balancear a dieta.

 

Bem comum na culinária, a farinha de milho preserva muitos nutrientes importantes que podem não ser encontrados na farinha de trigo, por exemplo. O sabor adocicado funciona bem para massas doces e salgadas, sendo muito versátil na cozinha. Para os celíacos, esta é uma excelente alternativa sem glúten.

 

Os grãos da quinua são os mais poderosos na hora de turbinar a alimentação, porém, a farinha chega como uma nova opção para suas receitas. A tritura da quinua elimina o sabor amargo característico do grão andino, o que pode facilitar seu uso.

 

Parecida com a farinha branca, a farinha de soja conta com mais cálcio, fibras e muito mais proteínas do que sua semelhante. A versão preta é uma grande aliada na perda de peso, pois conta com a antocianina, uma substância poderosa que traz diversos benefícios para o corpo.

 

Tradicional, a farinha de trigo branca é usada em muitas receitas, dos empanados aos doces. É desaconselhada para quem tem intolerância ao glúten, além de ser um obstáculo na dieta, por ser fonte de carboidratos simples. Uma boa maneira de substituir a farinha branca é usar a versão integral, que tem mais nutrientes e não altera o sabor da receita.

 

 Tal qual a farinha de maracujá, a uva tem antioxidantes, como o resveratrol, importantes para a saúde do corpo. Também tem efeitos importantes sobre a saciedade, mas precisa ser acompanhada de bastante água para funcionar bem.

 

Uma alimentação equilibrada, nutritiva e balanceada faz toda diferença no nosso dia-a-dia e para o nosso organismo, experimente novos sabores.  

 

 

 

 

 

Fonte: Mdemulher.com.br.

 

 

Please reload

Destaques

Equilíbrio

19/09/2020

1/10
Please reload

Arquivos
Please reload

Blog