Carnaval sem ressaca


Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), o consumo de álcool no Brasil é superior à média mundial. Regina Helena, nutricionista e diretora científica do Departamento de Nutrição da Sociedade de Cardiologia do Estado de São Paulo (SOCESP), afirma que os efeitos da ingestão exagerada de álcool podem assumir várias formas, incluindo rubor facial, náuseas, taquicardia, palpitações, consciência confusa e vômitos.


Para evitar a famosa ressaca e outros problemas é importante o folião tomar alguns cuidados. Se você pretende acompanhar blocos e escolas de samba por longas horas, é necessário se manter hidratado. A bebida mais indicada é a água, mas também vale água de coco, isotônicos e sucos naturais.


Intercale as bebidas alcoólicas com água, muita água. Assim, você garante hidratação diária e evita o mal estar que a ressaca traz no dia seguinte. E, o mais importante: saiba o momento exato de parar de beber. Também descanse! Dormir bem repõe as energias e garante que você seja capaz de aguentar todos os dias de folia sem problemas.

Destaques
Arquivos

Blog